Conheça a história de Rodrigo Marques, CEO do Atlas Quantum

Rodrigo Marques é um dos maiores nomes do mercado de criptomoedas da América Latina. CEO e fundador do Atlas Quantum, o empresário iniciou sua carreira como desenvolvedor de sistemas e trabalhou no mercado financeiro tradicional antes começar sua carreira como empreendedor. 

Em 2011, quando o bitcoin ainda valia poucos centavos, Rodrigo se apaixonou pelo Bitcoin e chegou a minerar 70 bitcoins apenas por curiosidade. A paixão pelos ativos digitais foi ganhando cada vez mais força, até que em 2013, o empresário foi para Honduras fundar a primeira corretora de futuros e commodities em Bitcoin. Foi lá inclusive que Rodrigo adquiriu o Guto, nosso mascote. 

O Início em Honduras 

Por trás do vontade de empreender, estava um desejo: impactar positivamente  a vida das pessoas. Em Honduras, o projeto tinha como o objetivo ajudar a população local que era afetada pela exploração de intermediários que capturavam grande parte do valor da venda e distribuição do café.

Marques viu no Bitcoin e nas criptomoedas a chance de reduzir o papel dos intermediários nessa economia, aumentando o retorno de cada uma das famílias. A ideia era criar uma corretora para facilitar as negociações dos trabalhadores, usando o que o Bitcoin tem de melhor: a capacidade acabar com intermediários desonestos e onerosos. 

Infelizmente, os intermediários estavam dispostos a cometer crimes para defender os seus interesse. E as consequências do projeto foram graves: um membro da nossa equipe foi sequestrado e as plantações das famílias que estavam interessadas e trabalhando com nosso fundador foram queimadas. 

Um novo recomeço e a mesma ideia: mudar o mundo 

Com isso, o projeto de Honduras foi interrompido, Rodrigo quebrou, voltou ao Brasil e foi morar com a mãe. Porém, apesar de todas as situações difíceis, a crença de nosso fundador que era possível usar as criptomoedas para transformar o mundo ainda estava viva. 

Depois de meses de trabalho, em 2015, ele criou o Quantum, nosso algoritmo de arbitragem de Bitcoin. Em 2016, o robô foi lançado ao público, e de lá para cá tudo vem crescendo exponencialmente. Em apenas um ano, dobramos nossa base de usuários cadastrados,  número de clientes ativos e triplicamos o número de ativos sob custódia. 

Nosso crescimento e nossa história é motivo de grande orgulho, mas investimentos não são fins em si mesmos, são somente um meio para fins muito maiores. O impacto do blockchain e as criptomoedas vai muito além do mercado financeiro, assim como nossas iniciativas. 

A crença de nosso CEO na descentralização e na capacidade de transformar a economia mundial e a sociedade com as criptomoedas norteia todo nosso negócio. E contamos com uma equipe de desenvolvedores dedicada à criação e implementação de aplicativos e protocolos que possam pavimentar o caminho rumo a uma internet descentralizada. 

Atualmente, nossa equipe está focada principalmente em projetos de plataformas de serviços financeiros descentralizados, mecanismos de busca para encontrar conteúdo produzido na web 3.0 e soluções de identidade no blockchain.

Agora, todos nós somos protagonistas dessa história e estamos na vanguarda do desenvolvimento de soluções descentralizadas, buscando transformar o Brasil em um líder de inovação nessa área. Você vem junto?


Voltar para posts

A revolução financeira é para todos.
Cadastre-se no Quantum!

ABRIR MINHA CONTA