Bitcoin é Bolha? Confira o histórico do preço da criptomoeda

O preço do Bitcoin teve uma alta histórica em agosto de 2017: ultrapassou 19.000 dólares. Esse recorde fez com que muitos analistas mordessem a língua, porque poucos anos (e meses) atrás, disseram que o Bitcoin era uma bolha financeira e que previam a queda do preço e até o fim da onda das criptomoedas.

“Está cada vez mais claro que o recorde de 32 dólares neste 8 de junho representa o pico de uma bolha especulativa que está aos poucos estourando”, disse o colunista de tecnologia Timothty B. Lee, na Forbes, em 7 de agosto de 2011.

“Estamos testemunhando a bolha das tulipas em tempo real”, disse Art Cashin, diretor de operações do banco UBS, em 3 de abril de 2013, quando o bitcoin custava 140 dólares. Sete meses depois, a moeda, pela primeira vez, ultrapassaria os mil dólares.

Qual é o histórico?

Para ser justo com esses analistas, é preciso dizer que quando eles fizeram essas previsões era difícil considerar racional a evolução do preço da criptomoeda.

Até o começo de 2010, a moeda simplesmente não tinha valor. Em 17 de maio daquele ano, quando um americano comprou uma pizza por 10 mil bitcoins (o equivalente hoje a 42 milhões de dólares), o negócio parecia uma pechincha, pois na época, o bitcoin custava menos de meio centavo de dólar.

Mas fechou 2010 em 36 centavos. Em fevereiro de 2011, alcançou a paridade com dólar. Em maio, já custava nove dólares; em junho, triplicou em só uma semana, chegando a 27 dólares. Por mais consistência que o Bitcoin mostrasse, era claro que o comportamento irracional e a euforia de investidores guiavam o preço, ou seja, uma bolha se formava.

E ela estourou. Depois de um recorde de 31 dólares em 8 de julho de 2011, o preço do bitcoin despencou para dois dólares em dezembro de 2011. Só em março de 2013 a moeda voltou ao patamar dos 30 dólares, quando mais uma bolha se formou.

Em abril de 2013, mês em que o analista do UBS comparou o Bitcoin à mania das tulipas da Holanda do século 17, a moeda tinha triplicado de valor em duas semanas. Muita gente comprava Bitcoin só porque outros estavam comprando. Mas uma hora não teve mais quem comprasse, e o preço foi ladeira abaixo.

Depois do recorde de 1.165 dólares em novembro de 2013, o bitcoin chegou a chegou a 230 dólares em 2015 — e só no começo de 2017, voltou aos níveis de 2013.

O que pensar disso?

O que faz o Bitcoin renascer depois dessas pequenas bolhas é sua oferta limitada. No caso das tulipas do século 17 ou de imóveis nos dias de hoje, a oferta pode aumentar quase indefinidamente.

Chega um momento em que há apartamentos demais para poucos compradores, e o preço despenca. Já a oferta de Bitcoins é limitada pelo sistema: sua mineração se torna cada vez mais difícil com o tempo. A melhor comparação para o Bitcoin não são as tulipas holandesas, mas valiosas barras de ouro.

A volatilidade do Bitcoin é um fato, então é natural ter oscilações. De qualquer forma, se você ainda está desconfiado e pensa que Bitcoin é uma bolha, leia os artigos do nosso blog! E se já investe na criptomoeda, não deixe de conhecer a plataforma do Quantum.

Voltar para posts

A revolução financeira é para todos.
Cadastre-se no Quantum!

ABRIR MINHA CONTA